Seg. à Sex. das 08hs às 18hs
(11) 9.9852-3088
contato@almeidacont.com.br

Regime tributário para lojas de cosméticos: qual o melhor?

Qual o regime tributário ideal para lojas de cosméticos? Veja as opções!

Tudo que você precisa saber para escolher o melhor regime tributário para a sua loja de cosméticos está aqui.

Você sabe qual é a melhor opção de regime tributário para a sua loja de cosméticos?

As lojas de cosméticos vendem produtos sujeitos a uma alta carga tributária, o que pode afetar a rentabilidade e a competitividade desses negócios. 

Desse modo, é importante que os empresários desse ramo conheçam as opções de regime disponíveis e saibam escolher a alternativa mais econômica para o seu negócio.

Por isso, preparamos este artigo. Então continue conosco e descubra a melhor opção para o seu negócio!

Quais as opções de regime tributário para lojas de cosméticos?

As lojas de cosméticos podem optar por três regimes tributários diferentes: o Simples Nacional, o Lucro Presumido e o Lucro Real. 

Cada um deles tem suas vantagens e desvantagens, dependendo do faturamento, da estrutura e do perfil da empresa. 

Veja a seguir as principais características de cada regime!

Simples Nacional

Esse regime foi criado para empreendimentos com faturamento de até R$ 4,8 milhões por ano, ou seja, para micro e pequenas empresas.

Aqui, os tributos federais, estaduais e municipais devidos são recolhidos em uma única guia mensal, simplificando a apuração

Além disso, as alíquotas do Simples Nacional variam conforme a faixa de faturamento e a atividade da empresa.

Lucro Presumido

O Lucro presumido é um regime que presume o lucro da empresa a partir de uma base de cálculo definida pela legislação. 

Ele é permitido para as empresas com faturamento anual de até R$ 78 milhões e que não estão obrigadas ao Lucro Real.

A alíquota do Lucro Presumido é de 15% sobre o lucro presumido, mais 10% sobre a parcela que exceder R$ 20 mil por mês, para o IRPJ, e de 9% sobre o lucro presumido, para a CSLL. 

  • Lucro Real

Por fim, o Lucro Real é um regime que apura o lucro da empresa a partir da contabilidade, considerando as receitas e as despesas efetivas. 

Ele é obrigatório para as empresas com faturamento anual superior a R$ 78 milhões. 

A alíquota do Lucro Real é a mesma do Lucro Presumido, mas aplicada sobre o lucro real, e não sobre o presumido. 

Uma das vantagens do Lucro Real é que as lojas de cosméticos podem pagar menos impostos do que deveriam, caso o lucro real seja menor do que o presumido. 

Por outro lado, você pode ter uma maior burocracia e complexidade na apuração e recolhimento dos tributos, além de uma maior fiscalização.

Qual o melhor regime tributário para lojas de cosméticos?

Não há uma resposta única para essa pergunta, pois definir o melhor regime tributário para a sua loja de cosméticos depende de vários fatores, como:

  • Faturamento.
  • Lucro.
  • Margem de contribuição.
  • Custos e despesas.
  • Mix de produtos.
  • Localização.
  • Mercado.
  • Entre outros. 

Por isso, é recomendável que as lojas de cosméticos façam uma análise tributária detalhada, com o auxílio de um contador ou de um consultor especializado, para comparar as opções de regime tributário e escolher a mais vantajosa para o seu negócio.

No entanto, em geral, temos que o Simples Nacional pode ser mais interessante para pequenos negócios. 

O Lucro Presumido, por sua vez, pode ser mais econômico se lucro real for maior do que o presumido. Além disso, ele permite o aproveitamento créditos de ICMS e de IPI, reduzindo o custo tributário. 

Já o Lucro Real pode ser melhor se o lucro real for menor do que o presumido. Ele também oferece incentivos fiscais que podem reduzir a carga tributária.

Como escolher a melhor opção?

Para escolher a melhor opção de regime tributário para lojas de cosméticos, é preciso seguir alguns passos, como, por exemplo:

  1. Levantar os dados financeiros, contábeis e fiscais da loja, como faturamento, lucro, despesas e impostos.
  2. Simular os cenários de tributação para cada regime, considerando as alíquotas, bases de cálculo, os créditos, as deduções, as isenções, etc.
  3. Comparar os resultados das simulações, verificando qual regime oferece o menor custo tributário e o maior lucro líquido para a empresa.
  4. Avaliar os aspectos não financeiros de cada regime, como a burocracia, a complexidade, a fiscalização, a flexibilidade, etc.
  5. Escolher o regime que melhor se adapta às características e aos objetivos da loja, considerando o planejamento estratégico, o orçamento, o fluxo de caixa e a gestão, por exemplo.

Conte conosco, da A&S BRASIL, para pagar menos impostos!

Se você quer reduzir a carga tributária e aumentar o lucro líquido da sua loja de cosméticos, nós, da A&S BRASIL, podemos ajudar você.

Afinal, somos uma contabilidade especializada no seu setor. Logo, vamos realizar um planejamento tributário para verificar todos os cenários possíveis a fim de buscar maior economia, simplicidade e lucratividade.

Então não perca mais dinheiro, entre em contato conosco e garanta o nosso suporte especializado.

QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA!

5/5 - (1 vote)

Deixe um comentário

Últimos Posts:

Categorias
Arquivos
Recomendado só para você
Veja essas 4 dicas de controle financeiro e não tenha…
Cresta Posts Box by CP